Sistema On-Grid

GRID-TIE (Sistemas Ligados à Rede)

Os sistemas grid-tie são caracterizados por estarem integrados à rede elétrica convencional que abastece as cidades e são cerca de 30% mais eficientes do que os sistemas off-grid, já que não necessitam de baterias e controladores de carga, garantindo que toda a energia produzida seja utilizada. Além disso, por precisar de menos equipamentos, o preço do kit também acaba saindo mais barato.

Os sistemas ligados à rede podem ser usados em uma gama ampla de casos, desde o abastecimento de uma residência até a produção e injeção de energia na rede elétrica.

Por não possuir dispositivo de armazenamento, toda a energia que é produzida, mas não utilizada, é enviada de volta à rede convencional de energia elétrica. Com isso, esse excedente é convertido em créditos de energia, que podem ser utilizados em momentos onde a demanda é maior que a produção - como no período da noite ou em dias nublados. Portanto, apesar de ainda estar conectado à rede convencional, o consumidor economiza na conta, já que só paga a diferença entre o que é consumido e o que é produzido.

 

Funcionamento do sistema Grid-Tie durante o dia

 

Funcionamento do sistema Grid-Tie durante a noite

 

 

Como funciona:

1. Painéis Solares

Células fotovoltaicas encontradas nas placas solares captam as radiações solares e transformam em energia elétrica em forma de corrente contínua (CC).

2. Inversor

O inversor vai converter a CC em Corrente alternada (CA), para ser utilizado pelos aparelhos elétricos.

3. Medidor de Energia

O medidore de energia tem a função de ver quanto da energia produzida em excesso foi injetada na rede e establecer os "créditos de energia". Também mede quanto de energia foi retirada da rede para ser utilizada quando a geração for insuficiente ou inexistente.